Flores e cogumelos… o início

Os primeiros modelos em confeitaria por mim estilizados foram flores e cogumelos.

Aos 8 anos… eu já conversava com o glacê real colorido.

Diante da mesa com os biscoitos: era fundamental uma harmonia.

Que dependia do modelo (leque, flor, violão, coração, borboleta) e das cores.

 

Minha mãe ficava apavorada quando via a quantidade de potes que eu utilizava para fazer o glacê real colorido. Era uma festa!

Em 1984 as anilinas utilizadas eram em pó (da antiga Casa Kieckbusch). Aqueles pacotinhos de papel manteiga e com recheios coloridos me hipnotizavam… eu tinha uma quantidade de vidros onde podia armazená-los, de forma que não alterassem as propriedades da cor.

 

Para chegar na flor com 5 sépalas foram várias tentativas… até conseguir um padrão.

Adotei 5 cores para a estilização:

- rosa claro
- rosa pink
- laranja
- lilás
- azul

 

Todos os biscoitos eram compostos por este buquê colorido.

E detalhados com muito contorno branco em ondas.

Com o passar do tempo e muito treino passei a adotar os arabescos pela sua extrema facilidade na execução.

 

Os cogumelos eram mágicos… Páscoa, Natal, aniversários… eles estavam presentes.

Fazia sentido para mim. Havia um tom musical nas cores, nas flores combinadas com os cogumelos. Era o meu início em confeitaria artística.

 

Durante vários anos a estilização foi composta pelos modelos que são apresentados nas fotos abaixo.

 

 

As Fridinhas foram acrescentadas em 1990. Vaidosas, recebiam seu Make-Up semestral.

Ao término da faculdade decidi criar novos modelos e propostas de decoração.

Os detalhes chegam aos extremos.

E eu fico feliz, porque consigo alcançar as notas musicais que tocam os sentidos da sua emoção.

 

Carinhosamente,

Fabrícia

 

 

Fotos: arquivo Fabrícia Schmidt